Segunda etapa do Trevão é entregue em Ribeirão Preto << voltar

Segunda etapa do Trevão é entregue em Ribeirão Preto


Foi entregue nesta sexta-feira (26) a 2ª etapa da remodelação do Trevo “Waldo Adalberto da Silveira”, popularmente conhecido como “Trevão” de Ribeirão Preto. Esta fase representa 40% do tráfego total que circula no local – cerca de 32 mil veículos/dia. Já estará liberada aos usuários, neste sábado (27), a ligação da Pista Sul da Via Anhanguera (SP-330 – sentido Interior-Capital) com o prolongamento da Rodovia Prefeito Antonio Duarte Nogueira (SP-322 – Anel Viário Sul), localizado entre o Novo Shopping e o Jardim Manoel Penna, na sequência da Rodovia Antonio Machado Sant’Anna (SP-255).
Também já poderão ser utilizadas pelos motoristas as ligações diretas deste mesmo prolongamento com a Rodovia Abrão Assed (SP-333), ida e volta em pista dupla para Serrana, e com a Pista Norte da Anhanguera. Elas possibilitarão viagens mais rápidas, confortáveis, seguras e sem qualquer entrelaçamento ou cruzamento de fluxo.
“Atendemos reivindicações antigas dos moradores de cidades como Sertãozinho, Serrana, Serra Azul, Cajuru, Brodowski, Orlândia e São Joaquim da Barra, entre outros, que trabalham aqui ou vêm visitar nossa cidade. Mais que abrir trechos ao tráfego de veículos, estamos inaugurando uma nova fase – mais moderna e eficaz – da infraestrutura rodoviária do Estado e do País”, afirma José Fernando Nogueira, diretor Superintendente da Autovias.
Principal acesso a Ribeirão Preto, o “Trevão” está localizado no quilômetro 307 da Via Anhanguera. A 2ª etapa foi inaugurada pelo secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, Clodoaldo Pelissioni. As obras, sob responsabilidade das concessionárias Autovias e Vianorte, ambas pertencentes à Arteris, foram finalizadas dentro do prazo acordado com a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo).
1ª etapa
 

A 1ª etapa compreendeu a ligação, ida e volta em pista dupla, de Ribeirão Preto (avenida Castelo Branco) a Serrana. Foi inaugurada em junho deste ano, dois meses antes da data final estipulada pelas empresas, beneficiando, aproximadamente, 1,5 milhão de motoristas. Até final de abril de 2015 serão entregues os trechos finais: a passarela para pedestres que vai da Marginal Norte da SP-330 até a Marginal do Novo Shopping e as ligações da avenida Castelo Branco com as pistas Norte e Sul da Anhanguera.
Tráfego menos intenso
 

Prevista para abril de 2015, a finalização da completa remodelação do Trevão terá demandado investimentos da ordem de R$ 120 milhões. Terão sido implantados oito viadutos, 20 alças de acesso e retorno e uma passarela com 450m, que permitirá a travessia de pedestres e ciclistas, atendendo a normas de acessibilidade e adequação da malha viária urbana. “No total, a antiga rotatória, com diâmetro aproximado de 2 quilômetros, será transformada em um complexo viário com 11,8 quilômetros de extensão”, lembra o presidente das concessionárias paulistas da Arteris.
Recebendo uma média diária de 80 mil veículos, com picos de 8 mil por hora (das 7h às 8h30 e das 17h às 18h30), o “Trevão” canaliza o tráfego de seis locais diferentes – pistas Norte e Sul da Via Anhanguera, Rodovia Prefeito Antonio Duarte Nogueira (SP-322 – Anel Viário Sul de Ribeirão Preto), Rodovia Antônio Machado Sant’Anna (SP-255), avenida Castelo Branco (SPA-307/330) e Rodovia Abrão Assed (SP-333). A remodelação foi projetada para atender à demanda de tráfego para os próximos 30 anos.

 
 
Veja Também:
http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2014/09/estado-libera-2-etapa-do-trevao-e-antecipa-fim-das-obras-em-ribeirao.html
http://www.jornalacidade.com.br/noticias/cidades/NOT,2,2,993544,Acesso+a+Anhanguera+e+foco+da+etapa+do+Trevao.aspx
 
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/ribeiraopreto/2014/06/1464016-alckmin-entrega-1-etapa-da-obra-de-remodelacao-do-trevao-em-ribeirao-preto.shtml
 
 
 

Fonte: Ribeirão Preto Online